Dicas Pedagógicas - Outubro

17/10/2017

VESTIBULAR... Chegou a hora, e agora?

De geração em geração acabamos sempre nos deparando com o período de transição dos jovens que se veem com dúvidas no momento da escolha profissional e às voltas a se perguntar: Qual caminho trilhar? Para onde ir? Como construir uma carreira profissional?

Nessa etapa da vida, os estudantes passam inevitavelmente pelo desafio de enfrentar o vestibular precisam entender a importância de se buscar um equilíbrio e o preparo físico, mental/ cognitivo e emocional, que são fatores chave para o sucesso nessa transição. A ansiedade e o medo são situações que permeiam esta fase que é um momento de mudança, onde os jovens se deparam com o desconhecido, algo que não dominam e que não sabem exatamente como irá se descortinar.  Uma das questões essenciais para enfrentar isso e minimizar seus efeitos é voltar-se para si mesmo e se perguntar: qual alternativa eu tenho para vencer tais inseguranças? 

Quando colocamos luz nos nossos medos começamos a descobrir com mais clareza os caminhos que podemos trilhar:

É essencial saber que são os nossos pensamentos que geram nossas emoções e nossas emoções é que nos leva para ação, então o ponto chave da questão é obtermos controle sobre nossos pensamentos!!

 No período de estresse, que normalmente antecede o vestibular, sugere-se aplicar ações práticas e eficazes como os exercícios de respiração profunda pois é algo que podemos fazer em qualquer lugar a qualquer momento, inclusive durante a prova e ajuda a eliminar o excesso de ansiedade. (Para respirar profundamente, é preciso respirar enchendo e esvaziando o abdômen e não apenas pelo tórax - chamada respiração curta. Deve-se inspirar até encher o abdômen, segurar cerca de dois segundos e expirar todo o ar pela boca, durante 03 vezes). 

Outras dicas essenciais:

  • Nos momentos de estudo, e mesmo durante a prova, fazer pausas, se movimentar, se espreguiçar por alguns segundos a fim de mudar o estado do cérebro e respirar profundamente. Levar este hábito da respiração mais profunda para todas as horas que se perceber ansioso (a).
  • Lazer e práticas de exercícios físicos também podem ajudar a baixar o estresse e aumentar a concentração.
  • A alimentação deve ser balanceada. Nem excesso e nem muito pouco.  Procurar comer com equilíbrio e mais vezes ao dia, sem pular as refeições, dando prioridade ao café da manhã, almoço e jantar.
  • Para o momento da prova, levar água, chocolate ou barra de cereal. São coisas fáceis de carregar e saciam a fome. Você já deve ter ouvido falar na expressão: saco vazio não para em pé, certo? Então isso pode contribuir para o seu bem estar.
  • Valorizar todo o esforço de estudos que foi feito. Não ficar lendo e relendo a matéria na hora da prova, pois tudo que foi estudado já deve estar sedimentado neste momento. Confie em você!

                                                                                                                                        

Todos os dias fazemos escolhas e estas escolhas nos acompanham a todo momento. Cabe a cada um definir o que é melhor para si tendo como foco o resultado que deseja.  Conhecer a si mesmo, manter-se calmo e focado no objetivo desejado, são fatores essenciais para obtenção de bons resultados. Aproveite esta fase. Curta cada momento, pois um dia (mesmo que você não acredite agora) você terá saudades!

 Claudia Boccalini  & Célia  Riesemberg

Coaches de Carreira e Orientadoras Profissionais

 

* Claudia Boccalini– 41 99235-8209 

[email protected]  e  https://www.facebook.com/coachclaudiaboccalini/ 

* Célia Riesemberg– 41 99132-3856

      [email protected] e www.rumoscoaching.com.br